Homem descobre traição de mulher com tio e vaza fotos íntimas na internet

Por: Bruno Tomé Escritor da News365
Quem procurou a polícia foi a mulher infiel que teve as fotos vazadas

Polícia 18Dezembro2017 15 h 02min

Conforme informações, caso fora do casamento acontecia com tio do traído



Quem procurou a polícia foi a mulher infiel que teve as fotos vazadas
Quem procurou a polícia foi a mulher infiel que teve as fotos vazadas

Homem descobre traição de mulher com tio e vaza fotos íntimas na internet

Conforme informações, caso fora do casamento acontecia com tio do traído

Polícia 18Dezembro2017 15 h 02min

As vinganças de traições em um relacionamento estão tomando traços tecnológicos. Os traídos estão começando a usar as redes sociais ao seu favor, expondo o companheiro ou companheira infiel. Mais um caso desse tipo de ato foi registrado no Brasil no último domingo (17). Em Maringá, no Paraná, uma mulher procurou a delegacia para acusar o marido de ter colocado fotos íntimas dela na internet. O homem teria feito isso porque pegou a parceira o traindo com o próprio tio dele. 

A mulher contou para a polícia que estava tendo um caso com o tio do acusado. Quando os dois foram pegos, o ex-marido e a tia começaram a tramar um vingança, utilizando as fotos em que ela aparece nua e seminua, que tinham sido enviadas para o amante. Os dois, primeiro, começaram a compartilhar as imagens com familiares, para envergonhar os dois. Depois, passaram a colocar nas res redes sociais. 

Porém, o que a mulher reclama é que tudo aconteceu há um ano. Mas, ela decidiu registrar apenas ontem o ocorrido porque o ex-companheiro ainda se sente ofendido e ainda compartilha as fotografias na internet. Por causa disso, a mulher não sabe mais o que fazer para parar de ser exposto. 

Apesar de que parece melhor vazar fotos íntimas ou expor os traidores nas redes sociais, do que contar com a violência, ainda assim o primeiro ato também é um crime. O ato está dentro dos chamados delitos ou crimes de informática, que foram tipificados com a chamada Lei Carolina Dieckmann, ainda em 2012. Para quem não lembra, a atriz da Globo teve fotos íntimas vazadas e pediu punição para os responsáveis. Mas, na época, ainda não existia algo que punia esse tipo de crime. 

Mesmo tendo a lei como um primeiro passo, especialistas garantem que essa legislação ainda é confuso e deixa espacos para uma dupla interpretação. Assim, a defesa do acusado, como o caso acima, pode ter uma vantagem, ainda mais que o homem não conseguiu as imagens invadindo os dispositivos da vítima. 

As vinganças de traições em um relacionamento estão tomando traços tecnológicos. Os traídos estão começando a usar as redes sociais ao seu favor, expondo o companheiro ou companheira infiel. Mais um caso desse tipo de ato foi registrado no Brasil no último domingo (17). Em Maringá, no Paraná, uma mulher procurou a delegacia para acusar o marido de ter colocado fotos íntimas dela na internet. O homem teria feito isso porque pegou a parceira o traindo com o próprio tio dele. 

A mulher contou para a polícia que estava tendo um caso com o tio do acusado. Quando os dois foram pegos, o ex-marido e a tia começaram a tramar um vingança, utilizando as fotos em que ela aparece nua e seminua, que tinham sido enviadas para o amante. Os dois, primeiro, começaram a compartilhar as imagens com familiares, para envergonhar os dois. Depois, passaram a colocar nas redes sociais. 

Porém, o que a mulher reclama é que tudo aconteceu há um ano. Mas, ela decidiu registrar apenas ontem o ocorrido porque o ex-companheiro ainda se sente ofendido e ainda compartilha as fotografias na internet. Por causa disso, a mulher não sabe mais o que fazer para parar de ser exposto. 


Fontes:




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.