Bando invade velório, rouba caixão e incendeia corpo; veja o vídeo

Por: Bruno Tomé Escritor da News365
Criminosos divulgaram imagens nas redes sociais como recado para facção rival
Polícia 28Dezembro2017 14 h 30min

Homens colocaram fogo em caixão com defunto como mais uma ação contra facção criminosa

Criminosos divulgaram imagens nas redes sociais como recado para facção rival
Criminosos divulgaram imagens nas redes sociais como recado para facção rival

Bando invade velório, rouba caixão e incendeia corpo; veja o vídeo

Homens colocaram fogo em caixão com defunto como mais uma ação contra facção criminosa

Polícia 28Dezembro2017 14 h 30min

Membros de uma facção criminosa, que estão sendo investigados pela polícia e ainda não foram identificados, invadiram um velório em Fortaleza, capital do Ceará, e colocaram fogo no caixão do rapaz que estava despedindo-se dos amigos e familiares. Conforme as primeiras informações divulgadas, a ação faz parte da guerra do tráfico que acontece na cidade cearense, que foi tomada por dois grandes grupos do crime organizado. O caso aconteceu ainda na última segunda-feira (25) e ainda não se sabe se os criminosos do velório são os mesmos que participaram do assassinato do jovem de 22 anos. 

As imagens do ato no velório estão sendo divulgadas nas redes sociais, pelos próprios suspeitos. O vídeo, que serve de prova para a investigação policial, conta com cerca de 30 segundos e mostra o momento que os criminosos pegam o caixão e colocam fogo. Ainda nas imagens é possível ouvir diversos palavrões e os criminosos ameaçando matar outros membros da facção rival.O nome dado a esse crime é de vilipêndio de cadáve;ver. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirma que a investigação pode continuar no setor caso seja comprovada a participação desse grupo também no assassinato. Se não for, o caso passa para a delegacia da região do Bairro Sapiranga-Coité. 

O nome da vítima é Anderson da Silva, de 22 anos, que respondia por um crime ainda de 2014. Os policiais acreditam que o jovem foi assassinado por causa da disputa do tráfico de drogas na capital cearense. A vítima havia feito aniversário ainda na quarta-feira (20) da semana passada, mas logo depois, foi assassinado. 

A guerra do tráfico é um problema antigo em Fortaleza, assim como em outras capitais brasileiras. A disputa pelo controle do crime motivou, por exemplo, uma chacina ocorrida ainda no mês de novembro. Na ocasião, cinco jovens foram sequestrados de um centro de recuperação e foram todos mortos. Todos os jovens, que estavam na faixa entre 14 e 16 anos, já participavam de uma das facções criminosas. 

Membros de uma facção criminosa, que estão sendo investigados pela polícia e ainda não foram identificados, invadiram um velório em Fortaleza, capital do Ceará, e colocaram fogo no caixão do rapaz que estava despedindo-se dos amigos e familiares. Conforme as primeiras informações divulgadas, a ação faz parte da guerra do tráfico que acontece na cidade cearense, que foi tomada por dois grandes grupos do crime organizado. O caso aconteceu ainda na última segunda-feira (25) e ainda não se sabe se os criminosos do velório são os mesmos que participaram do assassinato do jovem de 22 anos. 

As imagens do ato no velório estão sendo divulgadas nas redes sociais, pelos próprios suspeitos. O vídeo, que serve de prova para a investigação policial, conta com cerca de 30 segundos e mostra o momento que os criminosos pegam o caixão e colocam fogo. Ainda nas imagens é possível ouvir diversos palavrões e os criminosos ameaçando matar outros membros da facção rival.O nome dado a esse crime é de vilipêndio de cadáver. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirma que a investigação pode continuar no setor caso seja comprovada a participação desse grupo também no assassinato. Se não for, o caso passa para a delegacia da região do Bairro Sapiranga-Coité. 

O nome da vítima é Anderson da Silva, de 22 anos, que respondia por um crime ainda de 2014. Os policiais acreditam que o jovem foi assassinado por causa da disputa do tráfico de drogas na capital cearense. A vítima havia feito aniversário ainda na quarta-feira (20) da semana passada, mas logo depois, foi assassinado. 


Fontes:




© 2017, News 365 todos os direitos reservados.